Pesquisar este blog

segunda-feira, 23 de julho de 2012

Massagem relaxante para os pés a qualquer hora e em qualquer lugar? Sim!


       Eu, sinceramente, nunca acreditei nas mágicas desses massageadores de pés que vendem no mercado, cheguei a testar várias marcas sem nenhum efeito relevante. Mas ultimamente meus pés têm sofrido com os calçados desconfortáveis e de salto alto, e no fim do dia, ficam cansados e doloridos. Eu imagino que muitos de vocês devem passar por esse problema também. Se vocês prestarem atenção, há dias em que nem nos preocupamos com a região dos joelhos para baixo.

Segundo a Medicina tradicional chinesa há uma tendência natural em mantermos o excesso de energia yang concentrada na cabeça e acabamos por esquecer nossos pés (extremidade fria e energia yin).

Enfim, então, resolvi testar o mini massageador para pés da BEURER, que gostei muito e vou compartilhar com vocês a minha opinião:

1) Extremamente prático:
Funciona à pilha, é levinho e ocupa pouco espaço, por isso você pode carregar para onde quiser.

2) Efeito relaxante de leve para moderado:
Não substitui uma massagem com as mãos de um profissional, mas proporciona um relaxamento agradável nos pés.

3) Design perfeito:
O design foi pensado, claro, em ser anatômico e confortável para os pés, mas ficou lindo.
Massageador para pés beurer
         Resumindo, eu recomendo para vocês que querem se dar de presente uma massagem relaxante para os pés a qualquer hora e em qualquer lugar.

O preço é muito acessível e vocês podem comprar aqui por apenas R$ 39,90, basta clicar aqui .

Beijos e espero que tenham gostado!



domingo, 27 de maio de 2012

Quer um sossega leão? Dá-lhe capim limão



Olá, Pessoal!!


Hoje vou falar sobre um dos óleos do meu top lists, que é o óleo essencial de capim limão.


plantação de capim limão
Este óleo é natural da Índia e conhecido também como Lemongrass e Capim Cidreira. Ele tem um aroma forte de limão e grama fresca.



Segundo a aromaterapeuta Beatriz Yoshimura, o óleo essenciail de Capim Limão é ideal para quem está em seu "Dia de Fúria", um verdadeiro sossega leão, revigorante e calmante dos nervos.



Em caso de não ataques de fúria, mas sim de raiva contida, este óleo, segundo os princípios da aromaterapia, também ajuda a liberá-la.



Vamos as perguntas:
Por que a raiva precisa ser controlada?
  • Um dos males da raiva é que ela se acumula no corpo e quando não controlada pode causar problemas cardiovasculares, estomacais e dermatológicos.
Todas as pessoas sentem raiva?

  • Sim, mas em proporções diferentes. Vejam que o psiquiatra Daniel Martins de Barros, do Instituto de Psiquiatria do Hospital das clínicas de São paulo diz:
"Há uma classificação tradicional das emoções em primárias, secundárias e terciárias. A raiva está no primeiro grupo, que são as mais simples e estão presentes em todos os seres vivos desde sempre".


Bem, vamos as sugestões de uso do óleo essencial de capim limão:

Aroma Ambiental em aromatizadores elétricos ou “Rechauds” cerâmico com vela.
Coloque um pouco de água e pingue 1 gota para cada 3 metros cúbicos.

Banho de Banheira na banheira cheia, pingar até 3 gotas de óleo essencial diluído em óleo vegetal, leite ou álcool.

Colar Aromático de cerâmica ou mandala de prata, 1 gota até 3 vezes ao dia.

Ducha pingar até 3 gotas de óleo essencial no canto do Box do chuveiro e inalar durante o banho. Ou 3 gotas em 1 colher de sopa de óleo vegetal e distribuir por todo o corpo através de auto massagem. Ou enxágüe ao final do banho: em um recipiente pingar até 3 gotas de óleo essencial que não irritam a pele, completar com água do chuveiro e jogar no copo.

Escalda pés diluir 6 gotas do óleo essencial em 1 colher(chá)de óleo vegetal. Adicionar em 4 litros da água quente no inverno e água fresca no verão.

Spray Ambiental: basta pingar cerca de 20 gotas de óleo essencial em 100 ml de álcool de cereais e manter num pulverizador utilizando conforme desejado.


Espero que tenham gostado!!


Beijos, 


Fernanda Miguez


Referências:
http://beatrizyoshimura.blogspot.com.br/2009_08_01_archive.html
http://www.phytoterapica.com.br/oleos_essenciais_info.php?id=14
http://www.spaevahermann.com.br/t_terapias_alternativas.html
http://suadieta.com.br/Materias/146/alimentacao/MAT_109
http://institutopsicologicodecontrolestress.blogspot.com.br/2012/02/raiva-o-que-voce-sabe-sobre-sua.html

foto:
http://radiounifei.wordpress.com/tag/raiva/

domingo, 20 de maio de 2012

Sabonetes naturais e 100% vegetais, um pouquinho dos benefícios da natureza na nossa rotina diária

Olá, Pessoal!!


Desde que comecei o meu processo de reconexão a natureza, que foi quando iniciei com o blog Zen Clean, venho utilizando os sabonetes vegans (100% vegetais) e sabonetes feito sobre processo a frio (cold process) que são naturais e artesanais. Estes sabonetes, além de fazerem bem para a pele*, incrivelmente produzem um bem estar muito grande e a sensação é como se fosse uma "lavada na alma" no banho.


O sabonete Cold Process é um sabonete de base vegetal, elaborado através da combinação de óleos e manteigas vegetais, de espuma abundante e cremosa, rica em glicerina natural, aromatizada com óleos essenciais. Não são utilizados corantes artificiais, aromas sintéticos ou conservantes químicos. Apenas óleos e manteigas vegetais e óleos essenciais.

Savon original de Marseille
Dentre os sabonetes naturais mundialmente mais conhecidos e requisitados estão:


Savon de Marseille:  Elaborado de maneira artesanal com 72% de óleo de oliva desde a idade média nas proximidades da cidade de Marselha, na França. Atualmente ele é produzido com origem controlada e só o sabão feito na região com rígidos critérios podem ser chamados de Savon de Marseille. A mistura é preparada em calderões gigantes e além do óleo de oliva são adicionados óleos vegetais, cinzas alcalinas derivadas de plantas da região e água do mar que é esquentada durante dez dias. A mistura é colocada para secar, e após cortar os sabonetes em cubo, os mesmos secam lentamente recebendo o carimbo.
Após carimbados, os sabonetes secam ao sol e com ajuda de fortes ventos do Mediterrâneo.


Sabonetes da Lush (marca inglesa inspiradora da Body Store): seus sabonetes são artesanais e naturaissem químicas, nem conservantes além de serem lindos, charmosos e cheirosos.
Tanto que a Julia Roberts, Sarah Jessica Parker, John Malkovich e Madonna não dispensam seus produtos. 


Vitrine charmosa de sabonetes da Lush 
Vamos a principal pergunta de vocês, onde comprar estes sabonetes vegetais?

No mercado existem vários marcas que oferecem sabonetes 100% vegetais, tais como Cadiveu, Phebo, Est, Granado, L`Occitane (tem uma linha vegetal) entre outros.

Eu já testei vários desses, entretanto, por um motivo (energético e "alquímico" talvez), os sabonetes artesanais em cold process proporcionam um maior bem estar e equilíbrio para mim e muitas pessoas das quais conversei concordam comigo.

Como selecionar um bom fornecedor de sabonetes artesanais e naturais?


Recomendo uma pessoa que trabalhe com fornecedores de ingredientes de qualidade e matérias primas certificadas.


Também acredito no poder alquímico e na arte de fazer sabonetes (o mesmo acontece na culinária).


O processo da mistura da massa é mágico, pois exige: amor, arte, atenção, dedicação e todo um despejo de energia. Com excelentes materiais, não há nada melhor para o corpo e a alma. 


Espero que tenham gostado.


Beijos e bom banho;)


*o fato de fazer bem para a pele não indica cura de problemas na pele, neste caso recomendamos a ida a um dermatologista. 


 referências:
http://maisqueperfume.blogspot.com.br/2009/06/sabonetes-da-provence-maravilhas-em.html





quarta-feira, 16 de maio de 2012

Massageador de Pescoço Relax Medic: tecnologia a serviço do bem viver

Pessoal,

Muitos de nós leitores do blog somos zens, amantes da natureza, da medicina alternativa e optamos poque é ecologicamente correto. Entretanto, existem empresas de tecnologia e desenvolvimento de produtos que também se preocupam com o bem viver e em levar maior praticidade às pessoas que precisam de um relaxamento em um ambiente de trabalho, viagem ou casa.

Quem trabalha com muita seriedade e desenvolve excelentes produtos nesta área é a Relax Medic.

Esta semana eu testei o Massageador de Pescoço deles e o apelidei de "relax magic" . Neste post vou contar um pouco da experiência que eu tive.


Esse é o meu "relax magic" massageador de pescoço 

O massageador é super prático de usar, anatômico e a alimentação pode ser feita por entrada USB ou por uma fonte de alimentação que vem dentro do produto.

Ele não substitui uma massagem manual na região do pescoço, mas a sua ação é muito parecida com a massagem provocada por uma banheira de hidromassagem, ou seja, sua ação é vibratória, e por isso, muito revigorante e relaxante. Utilizar ele para relaxar a coluna cervical e ombros em dias de maior nível de estresse é uma excelente pedida.

Eu utilizei ele deitada e assistindo televisão, e percebi que quando deitada, a pressão aumenta do contato do massageador com o pescoço; a massagem causou um efeito muito maior.

Com relação ao grande diferencial do massageador, é que ele tem uma opção de esquentar a região que está sendo massageada, ideal para os dias frios, a região fica bem quentinha e aumenta o relaxamento.

Eu amei o produto e super recomendo, pois além de tudo, ele é feito por um bom material e é resistente, bem diferente dos massageadores que o mercado oferece.

Quem quiser adquirir o produto, segue o link de uma loja extremamente confiável onde compro meus eletrônicos e onde ele está mais barato, clique aqui


Estou a disposição em caso de dúvidas.


Em breve mais novidades.


Beijos,
Fernanda 

terça-feira, 8 de maio de 2012

Alternativas sustentáveis e saudáveis ao incenso sintético


Pessoal,

Eu estava querendo fazer um post sobre incensos a um tempo e hoje li um post completo falando sobre  aromatizadores e creditado pela a minha nova amiga virtual Carolina Daemon Oliveira, supervisora certificada em segurança e Meio ambiente. 


Resumi aqui pontos importantes do post, que todos nós precisamos saber sobre os incensos:

  • Queimar incenso e demais aromatizadores são um risco à saúde, a fumaça de um incenso equivale, em benzeno, à de 3 cigarros;
  • Queimando um incenso todos os dias, por exemplo, a pessoa inala a mesma quantidade de benzeno -substância cancerígena - contida em três cigarros, ou seja, em torno de 180 microgramas por metro cúbico. Há também alta concentração de formol, cerca de 20 microgramas por metro cúbico, que pode irritar as mucosas.
Por que isso acontece, já que na antigüidade ele era usado no sentido de purificação e proteção?

  • As substâncias de hoje nem de longe lembram as especiarias aromáticas com as quais o incenso era fabricado no passado, como gálbano, estoraque, onicha e olíbano. Se há uma leve semelhança, ela reside na forma obscura da fabricação. No passado, o incenso era preparado secretamente por sacerdotes
  • Incensos não são mais feitos de sal grosso, carvão vegetal e óleos essenciais (como os primeiros sacerdotes israelitas foram ensinados), mas de essências artificiais e muita química, incluindo formol.
O que a Carolina utiliza na casa dela e eu recomendaria para vocês também: 
  • Folhas de eucalipto e cedro no vasos (eles duram muito e deixam a casa com cheiro de sítio)
  •  Ervas frescas como alecrim, hortelã, poejo e manjericão também perfumam o ambiente
  • Papier d´armenie, um incenso natural e biodegradável francês, feito em papel de papiro e naturalmente aromatizado com uma essência muito suave. Uma instituição nacional que existe há 120 anos e torna a vida mais cheirosa, sem agredir à saúde e o meio ambiente.
  • Óleos essenciais (sempre nossos queridos presentes!!!), os mesmos da fórmula de composição dos bons cosméticos sustentáveis, são óleos naturais extraídos diretamente de muitas plantas e flores potencializadas, para uso medicinal, cosmético e hedonista, já que o corpo, a  mente e o espírito são indissociáveis. Vocês podem diluir em água, águas de rosas, lavanda, melissa e laranjeiras ou ainda álcool de cereias para borrifar o ambiente, e até mesmo diluído em um pouco de água da torneira no difusor (ou rechaud à vela).


O post completo é muito bom e vale a pena dar uma lida também:

http://caroldaemon.blogspot.com.br/2010/10/incensos-e-aromatizadores-de-ambiente-o.html

Espero que tenham gostado das dicas.

Beijos,
Fernanda 

quinta-feira, 3 de maio de 2012

Segundo o céu, é tempo de nos reconectar a natureza

Pessoal,

Eu hesitei de falar sobre astrologia, porque este blog não tem este objetivo, entretanto, a astrologia também é uma sabedoria milenar, que tem orientado a humanidade como uma excelente ferramenta de auto conhecimento (quando creditada por bons astrólogos). No mais, o que tenho para falar é precioso e iluminador.

Este ano tivemos um evento importante no Céu em Fevereiro com a entrada de Netuno em Peixes. Netuno representa o nosso incosciente coletivo, a nossa sensibilidade, o eu interior, as nossas "antenas" intuitivas, a compaixão, o amor incondicional e a arte. Este planeta se encontra no signo o qual ele rege (Peixes) e isso de alguma forma "fortalece" todos estes pontos.  Em suma, a humanidade está "conectada" (no espírito), o nosso corpo de alguma forma, também está somatizando mais ainda problemas emocionais, cargas negativas e stresses. Por outro lado, estamos mais humanos, mais coletivos e existe um senso colaborativo maior. 


Infelizmente boa parte da humanidade está adoecendo por causas emocionais, ao mesmo tempo felizmente grandes estudiosos buscam o caminho da cura para estes problemas. Cientistas tem provado o poder da fé na cura das doenças e uma gama grande de médicos já está levando em conta os aspectos emocionais do indivíduo nos tratamentos. 

Assim que Netuno entrou em Peixes em Fevereiro, ele fez um sextil (aspecto harmônico) com Jupiter em Touro. Jupiter representa o conhecimento (em um nível mais elevado, a sabedoria) , a fé e a benevolência. No signo de touro, um signo de TERRA que por natureza tem os seus 5 sentidos apurados. Touro é tato, é olfato, paladar, audição, toque. Isso reforça um crescimento muito grande na área acadêmica da Aromaterapia (que vem sendo comprovada cientificamente em grandes Universidades), dos Florais, das Massagens, da Fitoterapia e da a própria acupuntura. 

A ciência vem reconhecendo e comprovando os poderes a nossa "mãe natureza" e a humanidade vem percebendo a importância de se "reconectar" a sua origem.


Recomendo a vocês valorizarem os pequenos rituais diários, como uma oportunidade de reconexão a natureza e de se revitalizar. Os rituais podem ser: um bom banho com sabonetes naturais, um incenso, uma vela, um pé descalço, um aromatizador de ambientes com óleos essenciais, ou o que for mais prazeroso. 


É isso pessoal, não era precioso o que eu tinha para falar?

Beijos e até a próxima;)



sábado, 14 de abril de 2012

Um pouco mais de paciência, a vida é tão rara...

Olá, Pessoal!


O que me inspirou a escrever este post foi a minha coleção de conhecidos e amigos impacientes e também a música do Lenine que eu amo:


"O mundo vai girandoCada vez mais veloz. A gente espera do mundo. E o mundo espera de nós. Um pouco mais de paciência"

Acredito que a impaciência algumas vezes nos tira de uma zona de conforto e a inquietude que ela gera, pode ser estimulante na busca de novos desafios. Entretanto, como tudo na vida, ela precisa ser bem dosada, pois uma impaciência descontrolada pode prejudicar a nossa saúde e bem estar, assim como atrapalhar o nosso convívio social. 

Vamos ao que os especialistas dizem a respeito:

Segundo Esdras Vasconcellos, professor de psicologia da USP e da PUC-SP e diretor do Instituto Paulista do Estresse, a paciência é uma atitude humanista. Ser paciente é entender e aceitar a si mesmo e aos outros, é  uma virtude necessária para a vida equilibrada, serena. 

 Ser paciente, é possível nos dias de hoje?


Na atualidade, a falta de tempo, a competitividade, o individualismo tem causado a falta de tolerância na maioria das pessoas. Ademais vivemos dentro dos padrões que exigem muito e oferecem pouco para o bem-estar individual. Dá para ser paciente com a pressão no trabalho? Com o trânsito? Com fila? Com as outras pessoas? Com problemas familiares? 

Segundo Roberta de Lucca, na materia da Revista Vida simples (edição 71, grandes temas), ela diz que sim, desde que fique bem entendido que ser paciente é questão de opção e treino. Opção porque decidimos abrir ou não espaço para o que desperta impaciência. O treino da paciência requer saber lidar com as adversidades sem precisar engolir sapos. 

Milton Paulo de Lacerda, psicólogo e autor de livros sobre a paciência, afirma que nesse tipo de situação vale explorar o conceito de assertividade. "Deve-se ter uma atitude positiva diante dos valores que não queremos que se percam para não fazermos papel de bobo." Assertividade, define ele, é um misto de firmeza (garra, energia) e de educação, porque para ser firme não é preciso ser estúpido. Concordar com tudo é submissão e covardia. Mas "soltar os cachorros" por qualquer coisa é agressividade inútil. 

Bem se você precisa treinar a paciência, no site do Zen Habitis oferece 15 dicas que ajudam você neste treino, segue: 


Agora, se você ficou impaciente até mesmo de ler estas dicas e precisa daquela força extra da natureza (literalmente) para o seu treino, pode contar com a ajuda da Aromaterapia, que oferece uma sinergia tiro e queda para o controle da impaciência. 

A sinergia recomendada é a combinação é Ylang Ylang com Camomila. 

Como preparar esta sinergia?

Pingue duas gotas de cada óleo em um aromatizador pessoal; ou cinco gotas diluídas em pouco de água, em difusores elétricos ou difusores com queima de vela.



Na sequência: Aroma Plug, óleo essencial de Ylang Ylang e
óleo essencia de camomila

Sugestão de onde comprar:
  • Lojas e representantes da Bioessência  de lojas físicas ou internet 
Caso optem por outra marca de óleo essencial, vamos as recomendações: saber a procedência (selo de qualidade), recipientes utilizados (cor ambar), tem que após o nome do óleo essencial estar escrito o nome botânico em Itálico.
Prestem atenção também as chamadas de essências aromáticas, quenão servem para tratamento terapêutico.


Espero que tenham gostado do post e peço para que aguardem pacientemente o próximo post no início da próxima semana \o/

Qualquer dúvida, façam contato. 

Beijos,
Fernanda 


fonte de estudo:
http://mdemulher.abril.com.br/revistas/vidasimples/edicoes/071/grandes_temas/conteudo_305214.shtml

Agradecimentos:
A aromaterapeuta Beatriz Yoshimura da Aromalife, sempre tão gentil e generosa comigo, nos conselhos sobre as sinergias
Cecília Giargelli aromaterapeuta e virou uma queria amiga virtual 

sexta-feira, 6 de abril de 2012

Yoga com Chocolate? Sim!

Pessoal,

Neste domingo de páscoa preparei um post curtinho, delicioso e que traz uma grande novidade para vocês.

David Romanelli e seus chocolates
O yogue David Romanelli, um expert em mente e corpo e também fundador de uma companhia de Yoga moderna, que mistura toda a tradição da prática da Yogal com técnicas novas, criou o Yoga+Chocolate. Nesta aula especial, além de exercitar corpo e a mente, a pessoa também pode estimular o paladar


Coleção de trufas exóticas da Vosges

Como surgiu esta yoga? David é amigo e companheiro desde a faculdade e também de viagens espirituais de Katrina, que é dona da Vosges Haut Chocolate. Os chocolates de Katrina são internacionalmente conhecidos por serem feitos com especiarias incomuns e muitas vezes exóticas, como ervas e combinações de sabores inspirados em suas viagens ao redor do mundo. 





Nas aulas criadas pelo instrutor, entre uma pose e outra o participante saboreia uma trufa de chocolate da Vosges Haut. Na opinião de Romanelli, a combinação da ioga com o doce refina a sensibilidade para os cinco sentidos. “Quando você está em sintonia com o seu corpo todos os sentidos ficam mais aguçados”, acredita Romanelli. “Nesse caso, uma simples mordida de chocolate se transforma em uma sinfonia de sabores em sua boca. O prazer é potencializado”, garante o instrutor.

A disposição física do praticante também aumenta consideravelmente.

Dentre os chocolates da Vosges que são saboreados na prática, estão:

Red Fire Bar: pimentão mexicano, pimenta vermelha, canela, chocolate (55% de cacau)


Nibs de cacau amargo: que traz benefícios para a saúde, pois é rico em magnésio e anti-oxidantes. 

Black Pearl Bar: feito com gengibre japonês, wasabi, sementes de gergelim preto e chocolate

Trufa de naga: feito com curry indiano doce e coco.

Os chocolates são consumidos moderadamente e em pequenas quantidades ao longo da prática. 

Gostaria de pontuar que muitos praticantes não concordam que a comida seja compatível à iluminação e à purificação espiritual proporcionada pela yoga e esta polêmica já chegou comunidade purista dos yogues.
Eu confesso não tenho a minha opinião formada sobre isso, mas achei bastante interessante o trabalho dele e resolvi compartilhar com vocês nesta Páscoa;). 
Agora, se o David aparecer pelo o Brasil, eu topo uma aulinha experimental com toda a certeza. E vocês?
Desejo feliz Páscoa para vocês \o/

Quem quiser saber mais, informações aqui:




segunda-feira, 2 de abril de 2012

A alma não adoece, ela evolui...



Esta semana foi dificil para mim, me deparei com alguns casos de pessoas próximas que adoeceram muito rapidamente e em pouco tempo.

Eu, no meu hiperfoco, decidi estudar a fundo a causa das doenças e a relação com o emocional das pessoas. Dentre todos os materiais que eu li, foram as definições do Dr. Jorge Carvajal, médico cirurgião da Universidade de Andaluzia, Espanha, pioneiro da Medicina Bioenergética, as que mais me convenceram e me enrriqueceram e são as quais vou resumir e compartilhar neste post para vocês. 

O Dr. Jorge Carvajal diz que a alma é o que há de mais perfeito em nós e esta apenas evolui e aprende. Boa parte das efermidades são a resistência do corpo emocional e mental à alma e  quando nossa personalidade resiste aos desígnios da alma, adoecemos.

Segundo ele, 70% das enfermidades do ser humano são de origem emocional. O que acontece é que as doenças muitas vezes procedem de emoções não processadas, não expressadas, reprimidas. O medo, que é a ausência de amor, é a grande enfermidade, o denominador comum de boa parte das enfermidades que temos hoje. Quando o temor se congela, afeta os rins, as glândulas suprarrenais, os ossos, a energia vital, e pode converter-se em pânico.

O que precisamos tentar fazer é cuidar mais de nós mesmos, nos impor limites,  reconhecê-los e superar apenas os que forem possíveis de serem superados. Quando isso não é feito toda a carga emocional será somatizada. 

Aos longo dos artigos ele descreve alguns aspectos importantes de algumas emoções que estão relacionadas, tanto a cura, prevenção, quanto a causa das doenças:

Raiva: o doutor garante que esta é uma emoção positiva, porque leva o indivíduo a auto-afirmação, à busca do seu espaço, a defender o que é seu, o que é justo. Porém, quando a raiva se torna irritabilidade, agressividade, ressentimento, ódio, ela se vira contra o indivíduo e afeta o fígado, a digestão, o sistema imunológico. 


Alegria: pode ser considerada a mais bela das emoções, por ser a emoção da inocência, do coração e a mais curativa de todas. A alegria com medo leva-nos a contextualizar o medo e a não lhe darmos tanta importância. A alegria suaviza todas as outras emoções, porque nos permite processá-las a partir da inocência e põe as outras emoções em contato com o coração, dando-lhes  um sentido ascendente e positivo.

Tristeza: é um sentimento que pode levar o indivíduo à depressão quando ele se deixa envolver por ela e não a expressa, entretanto ela também pode ajudar o indivíduo. A tristeza faz com que o indivíduo entre em contato consigo mesmo  e ajuda a restaurar o controle interno. 

Angústia: A angústia vem de que não somos o que queremos ser, muito menos o que somos, de modo que ficamos no "deveria ser", e não somos nem uma coisa nem outra. Ela só passa quando o indivíduo entra no seu interior, aceita-se como é e se reconcilia  consigo mesmo.


Stress: O stress vem da competitividade, de que quero ser perfeito, quero ser melhor. O indivíduo só pode competir  quando decide ser um competidor de si mesmo, ou seja, quando quer ser único, original, autêntico e não uma cópia de ninguém. O stress destrutivo prejudica o sistema imunológico. Porém, um bom stress é excelente, porque permite o indivíduo estar alerta e desperto nas crises e poder aproveitá-las como oportunidades para emergir a um novo nível de consciência. 


Medo: O medo, que é a ausência de amor, é a grande enfermidade, o denominador comum de boa parte das enfermidades que temos hoje. Quando o temor se congela, afeta os rins, as glândulas suprarrenais, os ossos, a energia vital, e pode converter-se em pânico.

Em suma, todas as emoções negativas têm seu próprio aspecto positivo e elas se tornam negativas quando as reprimimos. As emoções negativas fazem parte de nós mesmos e o desafio é transformá-las. Quanto aceitamos as emoçõeses negativas, elas fluem e não se estancam e assim podem transmutar.

Por mais que existam formas preventivas de doenças, elas acontecem, pois realmente não conseguimos ter o controle de tudo e de 100% das nossas emoções. 

Precisamos aceitar a doença porque somos humanos. Algumas pessoas realmente precisam entender que adoecer não é fracassar e que  fracasso e o êxito são dois mestres da jornada humana. 

Segundo o doutor somos aprendizes e temos que aceitar e incorporar a lição da enfermidade nas nossas vidas. 







quarta-feira, 28 de março de 2012

Ansiedade? Tarja verde, já!!!


Ansiedade? Tarja Verde, já!!!

O que me desafiou a escrever este post, foi a leitura de uma matéria informando que o Rivotril é o remédio tarja preta mais vendido do país. O número de vendas é astronômico e soma 14 milhões de caixas por ano.

A reflexão que fiz, foi: será que todas estas pessoas tem realmente alguma patologia e precisam ser medicadas com este  ansiolítico indicado para transtornos de ansiedade, bipolaridade e alguns casos de depressão?

É evidente que é abusiva a indicação desse medicamento tarja preta, que causa dependência e pode provocar uma série de efeitos colaterais, tais como: sonolência, dificuldade de concentração e falhas da memória.

Queria deixar claro, antes de dar continuidade no post, que existe uma linha que separa a ansiedade natural daquela que deve ser tratada e esta é bastante tênue e delicada. Caso não seja avaliada com cuidado pelo médico, a pessoa acaba correndo o risco de eliminar emoções importantes para o desenvolvimento da mente. 

Se você acha que a sua ansiedade é patológica, recomendo procurar um médico especialista. 

Se você é uma pessoa ansiosa por natureza, oscila muitos momentos de muita ansiedade e volta ao equilíbrio, recomendo "tarja verde"para você:)

Existem técnicas "tarja verde"maravilhosas contra a ansiedade e extremamente eficazes e que podem melhorar muito a qualidade de vida e o bem estar, assim como evitar a somatização de doenças futuramente.

Seguem as opções:

1) Óleos essenciais de Laranja e Lavanda:

Pesquisadores da Unifesp (Universidade Federal de São Paulo) coordenados pela  a bióloga Rita Mattei Persoli testaram em laboratório o poder desses óleos essenciais e conseguiram comprovar a ação sedativa e relaxante de ambos.

Ficou comprovado que estes óleos são eficazes para quem sofre com os sintomas da ansiedade, como sentimento de apreensão, palpitações e transpiração, ganha um aliado no combate a essa sensação, muitas vezes incontrolável.

As dicas de uso dadas por estes especialistas são:
Para dormir
Antes de deitar, pingue uma gota do óleo de laranja  e/ou de lavanda em um chumaço de algodão e coloque-o entre a fronha e o travesseiro.

Durante o banho
Pingue de três a cinco gotas de óleo  de lavanda e ou laranja no chão do box e tome banho com água morna. Faça a inalação do aroma.

A lavanda, eu fiz um post sobre ela, recomendaria mais para a insônia. Eu gosto muito de fazer misturas com óleos essenciais, por isso recomendo a mistura do óleo essencial de laranja com lavanda. Entretanto, acho válido vocês testarem o que o organismo de vocês reage melhor. 

2) Óleo essencial de  Ylang Ylang e Lanranja:  
colheita de flores de Ylang Lang

Este é mais recomendado para o uso durante o dia (manhã e tarde)

O Ylang Ylang é um afrodisíaco que acalma e controla a raiva e a ansiedade.

Esta combinação é recomendada para a TPM também. 

Pode ser usado no colar aromático, em vaporizadores de óleos essenciais elétrico ou em queimadores de velas.

Recomenda-se  até 3 gotinhas de Ylang Lang  e óleo de laranja. 

Os vaporizadores são pequenos recipientes com uma vela no fundo e uma tampa em forma de pires que devem ser misturados com um pouco de água. 

Mais uma vez vou ressaltar que vocês precisam ter cuidado ao  comprar um óleo essencial porque é diferente das essências ou dos óleos sintéticos. Para funcionar, tem que ser o óleo essencial puro. 

Onde vocês podem encontrar estes produtos:

- Óleos essenciais de Ylang Ylang, Laranja e Lavanda.
Eu recomendo sempre os da By Samia e os da BioEssência.

Vocês podem encontrar no Mundo verde e em lojas especializadas.

Na internet, tem esta loja que é boa: Viver Zen

Quem desejar um atendimento mais personalizado, pode falar com a Adriana da Aromalife no email: vendas@aromalife.com.br 

Para quem é de Ribeirão Preto, recomendo a Cecília no: ceciliaghiradelli@uol.com.br

Para fechar, gostaria de ressaltar que existem outras técnicas orientais, como a medicina chinesa que oferecem excelentes tratamentos para a ansiedade, mas preferi fazer o post dedicado aos óleos essenciais, por se a solução mais barata, prática, deliciosa e extremamente eficaz, até mesmo comprovada cientificamente.

Beijos calminhos:)


Obs: Gostaria de agradecer também a minha querida Iara Santana, pela inspiração no título, tarja verde. 

domingo, 25 de março de 2012

Santa Lavanda dos nossos sonhos...


Como disse no post anterior, de uns tempos para cá comecei a ter insônia. Em meio aos meus estudos teóricos de aromaterapia, descobri o óleo essencial de lavanda e comecei a fazer a inalação no banho antes de dormir. 

A técnica é simples, basta pingar 5 gotinhas de óleo essencial de lavanda no  chão do box e ligar o chuveiro morno ou quente. O óleo de lavanda vai evaporar e a inalação pode ser feita no chuveiro mesmo. Procure ficar relaxado e se puder colocar uma música para tranqüilizar ainda mais o seu banho, o efeito ainda é melhor.

Eu li também, que é possível pingar uma gotinha de óleo essencial no travesseiro, mas ainda não testei isso, porque o banho sempre é uma lavada de alma.




Queria reforçar para vocês, que este procedimento não tem nada de esotérico.  O cientista Duraffour (1982) fundamentou a utilização da lavanda no tratamento de estresse e insônia, observando o efeito notável que o óleo tem para equilibrar o sistema nervoso central. O cientista Price (2002)  detectou que este óleo encoraja a aceitação de situações dolorosas, dificuldade para conceder perdão a si mesmo e aos outros. 

Na aromaterapia ele é muito utilizado para tratar o excesso de preocupação, oscilações de humor, instabilidade emocional.




Uma curiosidade para vocês, a lavanda é adorada a milênios e era o aditivo predileto de banho dos gregos e romanos.  O seu nome deriva do verbo latino Lavare, que significa lavar.

Existem várias marcas no mercado para este óleo, mas vou indicar as mais recomendadas, que tenho certeza que o óleo é 100% natural.

Seguem:







                                                                                      









Bons sonhos para vocês.